A história da internet Web 1.0, Web 2.0 e Web 3.0

Você já ouviu falar da Web 1.0, Web 2.0 e Web 3.0?  Estamos vivendo uma fase onde a tecnologia vem avançando de uma maneira muito rápida e transformando a forma como empresas e usuários estão utilizando ao seu favor. Mas você sabe realmente como tudo começou? 

Nesse artigo, iremos te falar um pouco sobre os primórdios da internet e vamos entender melhor como foram as mudanças. Confira com a QUICK!

A criação dos computadores

As primeiras máquinas que antecederam os computadores foram criadas com o objetivo de realizar cálculos matemáticos, como por exemplo a Máquina de Pascal, a primeira calculadora mecânica da história foi inventada no ano de 1642. 

Na primeira metade do século XX, vários computadores mecânicos foram desenvolvidos, e com o passar do tempo foram sendo aperfeiçoados de acordo com as necessidades e objetivos da época.

Outro fato que sabemos é que foi durante a Segunda Guerra Mundial que foram inventados computadores que se tornaram úteis em tarefas de desencriptação de mensagens inimigas e criação de novas armas mais inteligentes.

Mas antes de continuar sua leitura, você já leu nosso artigo: Conheça os novos planos da QUICK ON e seus benefícios?

O Surgimento da ARPANET

Também de origem militar, a ARPANET é conhecida como “Mãe da internet”  a ideia inicial era permitir que os vários centros de pesquisa que participavam de projetos da ARPA pudessem se comunicar para trocar informações e compartilhar recursos. 

Durante a  Guerra Fria, o uso da ARPANET era garantir a comunicação entre computadores em caso de ataques nucleares.

O projeto tinha o objetivo de suportar um possível ataque nuclear da URSS, e a partir daí, a rede das redes mostrou a imensa resistência que tinha diante dos diversos desastres e ataques. 

Web 1.0 

No entanto, somente com a criação da WWW – World Wide Web – que ocorreu em 6 de agosto de 1991, criada por dois engenheiros do CERN – Centre Eoropéen por la Recherche Nucléaire – Robert Caillaiu e Tim Berners-Lee, do HTML – HyperText Markup Language, que se iniciou a primeira fase da internet comercial. 

Todavia, a primeira fase da Web 1.0 por mais que tenha se tornado popular com certa rapidez, era um ambiente pouco interativo e que servia mais como um espaço para leitura. O usuário não podia interagir, somente visitar os sites. Caracterizava-se como um sistema unidirecional e com muitas limitações aos usuários, além de ter custos muito altos para quem o produzia. 

Mas mesmo com todas essas características, a Web 1.0  em 1996 já havia em torno de 2 milhões de sites no ar.

Saiba o porque a QUICK Prestige é a solução para o seu negócio!

Web 2.0 

Em meados de 2004 as coisas mudaram totalmente com a chegada das redes sociais. Pois, usuários e desenvolvedores estavam em um ambiente de interação e participação. Na segunda fase da Web, a Web 2.0, as pessoas ganharam o poder de se tornarem divulgadores e criadores de conteúdo, isso devido à velocidade e a facilidade de se utilizarem diversos aplicativos e telas.

O que também ocorreu nessa segunda fase foi a disponibilização de sites interativos, múltiplos plugins, simplicidade, compartilhamentos e publicações, o que fez com que a internet se transformasse em uma plataforma colaborativa.

No Brasil, a rede social que se tornou mais popular na época, foi o Orkut, criado pelo engenheiro turco Orkut Büyükkökten em 2004. Os autores Oliveira, Maziero e Araujo (2018) trazem sua definição sobre a segunda fase da Web, a Web 2.0: […] Também chamada de web participativa, representa a segunda década da Web (2000-2009). 

Aproveite também para ler nosso artigo:  Entenda o que é ChatGPT e a sua polêmica

Web 3.0 

A Web 3.0 vem sendo estudado como a atual Web, ou Web Semântica. Como sabemos, a internet se tornou um espaço de compartilhamento de dados, uma internet mais inteligente, com novos aplicativos, plataformas e sites. 

Na Web 3.0 os usuários têm mais controle sobre o uso de dados produzidos por eles mesmo, além de uma grande otimização de informações disponibilizadas. 

Algumas das características que diferem a Web 3.0 da Web 1.0 e Web 2.0 é a maior segurança, transparência e velocidade. Além de que, os usuários possuem controle de seus compartilhamentos e das plataformas digitais.

 

Gostou do conteúdo? Entre em contato e tire suas dúvidas sobre nossas vantagens dos nossos planos de internet!

Gostou do conteúdo? Compartilhe.

QUICK EMPRESAS

QUICK FIBRA

Assine nossa newsletter e receba conteúdo direto no seu e-mail favorito.

Newsletter

Assinando nossa Newsletter você autoriza que a QUICK lhe envie conteúdo informativo e publicitário, nos termos da nossa Política de Privacidade.