Setembro Amarelo: 4 recursos online para apoio à saúde mental

No mundo digital de hoje, a internet desempenha um papel fundamental na divulgação de informações, é importante utilizarmos essas informações de forma consciente e em nosso benefício. Neste artigo, a QUICK separou diversos recursos online que oferecem apoio à saúde mental durante o Setembro Amarelo, com foco em aplicativos, sites e comunidades que podem fazer a diferença na vida de muitas pessoas.

Precisamos falar sobre o Setembro Amarelo

O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio que teve início no Brasil em setembro de 2014. A campanha foi criada pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), com o objetivo de alertar a sociedade sobre a importância da prevenção do suicídio e promover o diálogo aberto sobre questões relacionadas à saúde mental.

Desde então, o Setembro Amarelo tem crescido em alcance e importância, tornando-se uma campanha internacional que ocorre anualmente durante o mês de setembro, além de contar com a participação de diversas organizações e instituições ao redor do mundo. O símbolo da campanha é um laço ou fita amarela, que representa a esperança, a prevenção e a promoção da vida. Durante este mês, são realizadas diversas ações de conscientização, eventos, palestras e campanhas nas redes sociais para divulgar informações sobre saúde mental e prevenção do suicídio.

Leia também: O Dia do Cliente: Celebrando nossas parcerias

1. Aplicativos para Saúde Mental

Espaço livre

Um exemplo é o Headspace, um aplicativo de meditação e mindfulness que oferece uma variedade de exercícios para ajudar as pessoas a reduzir o estresse, a ansiedade bem como a melhorar o bem-estar emocional. Durante o Setembro Amarelo, o aplicativo geralmente oferece conteúdo especial relacionado à conscientização sobre a saúde mental.

Calm

O Calm é outro aplicativo de meditação e relaxamento amplamente conhecido. Ele oferece sessões guiadas de meditação, além de histórias para dormir e músicas relaxantes para ajudar os usuários a encontrar calma e tranquilidade, sendo uma ferramenta valiosa para a saúde mental.

2. Sites Educativos

Setembro Amarelo (Oficial)

No entanto, para quem está buscando por conteúdos relevantes, o site oficial do Setembro Amarelo é uma fonte confiável de informações sobre a campanha, com recursos sobre prevenção de suicídio, depoimentos inspiradores e orientações para buscar ajuda.

Ministério da Saúde – Saúde Mental

Outro exemplo é o site do Ministério da Saúde que disponibiliza uma seção em seu site dedicada à saúde mental. Lá, você encontrará informações sobre políticas públicas, direitos do paciente e serviços de saúde mental no Brasil.

3. Comunidades Online

Reddit – r/desabafos

Contudo, estar em um ambiente onde as pessoas possam te ouvir e te entender é extremamente importante, por isso sugerimos que você procure comunidades online confiáveis.  Um exemplo é o  subreddit r/desabafos, um espaço onde as pessoas podem compartilhar suas preocupações, angústias e emoções de forma anônima. A oferece apoio emocional e conselhos de outros membros da comunidade que passaram por situações semelhantes.

Já leu nosso artigo sobre A importância da inclusão digital?

Grupo do Facebook – Setembro Amarelo

O Facebook abriga diversos grupos dedicados ao Setembro Amarelo, onde os membros podem compartilhar histórias, recursos e oferecer apoio mútuo.

4. Linhas de Ajuda Telefônica

CVV – Centro de Valorização da Vida

O CVV oferece apoio emocional gratuito 24 horas por dia, através do telefone 188, chat online e e-mail. Eles estão sempre disponíveis para ouvir e oferecer suporte a quem precisa de ajuda.

Como você pode ajudar?

Ajudar as pessoas durante o Setembro Amarelo e em qualquer momento em que elas estejam enfrentando dificuldades emocionais ou lutando contra problemas de saúde mental, exigem empatia, compreensão, bem como ações específicas. Aqui estão algumas maneiras de oferecer apoio durante este mês e ao longo do ano:

  1. Eduque-se : Informe-se sobre questões de saúde mental, os sinais de alerta de suicídio e os recursos disponíveis. Quanto mais você entender, melhor poderá ajudar.
  2. Fomente o Diálogo : Incentivo a conversas abertas sobre saúde mental. Mostre que você está disponível para ouvir, sem julgamento, caso alguém queira compartilhar suas preocupações.
  3. Esteja Atento aos Sinais : Fique atento aos sinais de que alguém pode estar em perigo, como isolamento, mudanças no comportamento, expressões de desesperança ou ideação suicida. Leve esses sinais a sério.
  4. Ofereça seu Apoio : Se você suspeitar que alguém está em perigo, pergunte diretamente. Encaminhe essa pessoa para algum profissional que possa ajudar.

Saiba como foi o Primeiro Mês de inovação na QUICK

Durante o Setembro Amarelo, é crucial que as pessoas saibam que não estão sozinhas e que existem recursos online disponíveis para apoiar sua saúde mental. Os aplicativos, sites e comunidades mencionados neste artigo são apenas algumas das opções que podem ser exploradas para obter informações e suporte emocional durante este mês de infecção. Lembre-se de que buscar ajuda e compartilhar experiências é um passo importante na jornada em direção à saúde mental e ao bem-estar.

 

Gostou do conteúdo? Entre em contato e tire suas dúvidas sobre nossas vantagens dos nossos planos de internet!

Gostou do conteúdo? Compartilhe.

QUICK EMPRESAS

QUICK FIBRA

Assine nossa newsletter e receba conteúdo direto no seu e-mail favorito.

Newsletter

Assinando nossa Newsletter você autoriza que a QUICK lhe envie conteúdo informativo e publicitário, nos termos da nossa Política de Privacidade.